Lendo:
Validação de dados a favor de finanças: compreendendo seu cliente antes de enviar a fatura

Validação de dados a favor de finanças: compreendendo seu cliente antes de enviar a fatura

6 de Setembro de 2019

Como é feita a validação de dados na base de cobrança da sua empresa hoje? Dependendo do tamanho do empreendimento, e sem a automação apropriada, esse processo pode ser bastante trabalhoso e oneroso.
 
No entanto, com as ferramentas corretas é possível virar esse jogo. Hoje, você pode contar com tecnologias de hipersegmentação de dados para fazer uma validação muito mais assertiva. Com isso, você pode entender melhor seu cliente e otimizar a cobrança, que é feita com menos erros e proporciona uma comunicação mais humanizada.
 

A validação de faturas como você nunca viu antes

Uma das formas mais eficazes de melhorar o desempenho da sua empresa com a validação automatizada de faturas é utilizando o DVA (ou “Validação Automática de Dados”). O sistema é uma solução configurável capaz de alcançar precisão total, validando de modo automático quantidades exponenciais de dados que de outro modo seria humanamente impossível.
 
Assim, o DVA ajuda o seu negócio a crescer por meio da comunicação baseada em análise de dados e aumento da relevância da mensagem.
 
Com a tecnologia, é possível:
·       Validar dados de forma integrada e automatizada
·       Unificar e validar dados de diferentes áreas e plataformas
·       Obter a validação de 100% dos dados com segurança
·       Criar regras customizadas específicas para o seu negócio
·       Identificar erros nas suas bases de forma automática


O mais interessante é que, apesar do seu grande porte tecnológico, qualquer negócio pode se valer dessa ferramenta. Usado principalmente por bancos, seguradoras de cartão e varejistas, o sistema não oferece restrição para uso. A única premissa é ter um sistema que gere recorrentemente uma base. A partir daí, se pode configurar o DVA para sempre ler a base nesse formato e tendo essa recorrência reconhecida, é possível definir as regras de validação. 
Assim, o DVA é extremamente flexível e pode trabalhar com qualquer plataforma que se utilize de base de dados, garantindo que seja entregue para a pessoa certa a comunicação certa, no canal certo.
Além disso, as regras de validação da ferramenta não são únicas e imutáveis. O DVA trabalha em um processo de constante aprimoramento e, assim, sempre que se configura uma nova regra, com o resultado obtido com ela é possível aprender e refinar ou criar novas. Ou seja, se trata de um sistema vivo, que aprende e se personaliza gradualmente com o uso. 
 
Desse modo, o DVA é interessante inclusive para a empresa que sabe que tem algo errado em sua emissão de faturas, mas ainda não entendeu muito bem o que é. A partir de algumas regras básicas, a ferramenta vai entendendo melhor o processo da empresa e diagnosticando possíveis pontos onde os erros estão acontecendo.  
 

Conhecendo melhor seu cliente com o DVA

Para utilizar o DVA, você usa as regras que melhor se aplicam às suas necessidades e clientela. Se isso ainda parece nebuloso para você, pode ficar tranquilo. Uma das grandes vantagens do sistema é que ele possui regras genéricas, que valem para qualquer negócio.

Podemos citar alguns exemplos:
·       Validação de dados cadastrais (Nome, CPF, Email): Checagem de dados cadastrais, informações críticas que precisam estar sempre atualizadas para que o envio de fatura seja concluído sem erros.
·       Validação de transações: As diversas transações de uma fatura dão margem a vários pequenos erros que, somados, podem trazer prejuízos de proporções enormes. O DVA verifica se os débitos, créditos, taxas e encargos estão batendo, varre inconsistências e garante que as transações estão todas corretas.
·       Linhas editáveis e códigos de barra: Se estiverem erradas, o cliente não consegue efetuar o pagamento e a empresa perde. Com o DVA, é possível verificar se código de barra e linha digitável estão com todos os dados corretos, perfeitas para uso.
·       Quantidade de registros na base: Imagine uma empresa com base de 5 mil clientes gerando 4998 faturas por mês. Algo está errado, concorda? Com o DVA é conferido se a base de clientes bate com o número de fatura e possíveis razões para diferenças entre esses dois valores esperados. 
·       Duplicidade de registro: Por erros de processo, a base pode vir com dados duplicados (duas faturas para o mesmo cliente, por exemplo). É possível detectar e levantar o que deve continuar ou não. 
 

A validação de dados vai acelerar a performance da sua empresa!

 

O DVA transforma a entrega de suas faturas em uma experiência única ao automatizar o envio de faturas e comunicados com uma única plataforma. Além disso, em um panorama mais amplo, a ferramenta impacta 3 pontas: cliente, empresa e equipe que gera essa comunicação. 
 
Falando dessa última ponta em específico, nesse tipo de operação uma equipe pode trabalhar em um ritmo estressante, tendo que verificar as faturas em um prazo mínimo. E mais, abrindo uma ampla margem de erro por conta do processo em si.
 
Com o DVA, essa mesma equipe pode trabalhar em um regime muito mais confortável. Com uma janela mais ampla de prazo dado à rapidez do processo, pode analisar melhor discrepâncias e tomar decisões sobre como lidar com elas. Assim, o esforço se transforma em algo muito mais analítico do que braçal, valorizando assim os funcionários, que deixam de ser meros executores e se tornam analistas.
 
Por fim, é necessário ressaltar que o DVA também tem aplicação na Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD). Isso porque a validação de dados como é feita pela ferramenta não expõe o cliente. Assim, é uma ferramenta que ajuda as empresas a agirem em compliance.
 
Por isso, vale considerar trazer o DVA para a sua empresa. A validação de faturas é só o começo de uma revolução que vai mudar a maneira com que você se comunica com os seus clientes, otimizando processos, trazendo um diálogo mais humanizado e ainda melhorando o rendimento da sua equipe.

Outros conteúdos que podem interessar

06 de Dezembro de 2021

O papel da hiperpersonalização na comunicação financeira.

A black friday já acabou e é certo que houveram inúmeras vendas em todos os setores do mercado, mas ainda sim, sua área comercial e marketing venderam o que gostariam? As metas estipuladas foram alcançadas? Como engajar seus clientes para que o ciclo de compra não acabe?
por  hiperstream
14 de Outubro de 2021

O olhar da :hiperstream para Marketing, além do B2B 

A :hiperstream foi fundada a partir de uma visão de futuro: o que a empresa acreditava, na época, ser um novo caminho para as cobranças impressas e para o relacionamento financeiro com o cliente. Sempre tivemos como propósito olhar para o futuro da jornada financeira, e, assim, evoluir junto com ela.

por Ana Dib

28 de Setembro de 2021

Rápido de verdade: validação cadastral em até 10 segundos com o Fast Onboarding

Ao realizar um cadastro, 54% dos usuários esperam receber a aprovação em até quatro horas, segundo relatório da AppsFlyer. E se sua empresa for capaz de reduzir esse tempo para apenas dez segundos?
21 de Setembro de 2021

A jornada do dado: 4 etapas fundamentais para o relacionamento financeiro

Os dados percorrem um caminho longo até chegar ao consumidor final na forma de comunicação. Entenda a importância da validação de dados em 4 momentos chave da jornada financeira

Solicitar Demonstração

Obrigado pelo seu pedido. Entraremos em contato brevemente!

Icon For Arrow-up