Lendo:
Como garantir adequação regulatória dos dados de forma simples e ágil

Como garantir adequação regulatória dos dados de forma simples e ágil

28 de Junho de 2020
 

Photo by Kelly Sikkema on Unsplash

Só em 2019, o DVA (Data Validation Automation) da :hiperstream validou 10 bilhões de dados com nossa proposta de marketplace de regras personalizáveis, que atendem desafios e adequações regulatórias específicos de diferentes setores e verticais de negócio.

Validação de dados é um processo eficaz para identificar - e corrigir - falhas que impactam a operação em variados tipos de negócios e, ainda, garantir a atuação em conformidade com regulamentações de autoridades financeiras, judiciais e demais órgãos reguladores de cada indústria. É por isso que o DVA (Data Validation Automation) da :hiperstream foi desenhado para verificar volumes elevados de informação de maneira eficiente e, ainda, como uma solução personalizável, composta por vários itens de validação e abrangendo diferentes dados.

Essa é a proposta do marketplace de regras já pré-definidas e testadas para serem implementadas de forma ágil para novos clientes. Veja seis exemplos de adequações regulatórias atendidas pelas regras de validação do DVA:

1- IOF zerado em operações de crédito

Para amenizar o impacto econômico da COVID-19, a Receita Federal zerou o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) de transações de crédito. Na prática, a redução de 3% ao ano para zero impacta o cálculo de cheque especial, crédito rotativo e empréstimos em geral, incluindo financiamentos. Essa regra de validação pode ser implementada rapidamente no DVA - e, da mesma forma, desativada, já que se trata de um decreto temporário.

2- Limite de juros e novas regras do cheque especial

Desde o início de junho de 2020 está em vigor a medida do Banco Central que limita a 8% a taxa mensal de juros do cheque especial, além de regras que permitem aos bancos cobrar uma tarifa mensal pelo serviço - para quem tem a partir de R$ 500 disponíveis no cheque especial, a taxa é de 0,25% sobre o que crédito que exceda esses R$ 500.

Nesse caso, o DVA ajuda tanto na identificação dos clientes que possuem o limite e estão passíveis de cobrança, quanto na validação dos valores.

3- Taxa de câmbio do dia da compra

Esta é outra regulamentação do Banco Central (Circular 3918) a qual o DVA respondeu com agilidade para adequar operadoras de cartão de crédito aos novos itens que elas precisam incluir - e validar - no caso de transações em moeda estrangeira. Agora, a fatura também discrimina: cada gasto e a data em que ele ocorreu; a identificação da moeda estrangeira utilizada e o valor da transação na referida moeda; o valor equivalente em dólar; a taxa de conversão do dólar para real na data; e, por fim, o valor em reais que será pago pelo cliente, também incluindo o IOF.

Para saber mais sobre o tema e como a :hiperstream trabalhou para solucionar esse novo desafio de nossos clientes, leia também: Taxa de câmbio do dia da compra: como as operadoras adaptam essa mudança nas suas faturas?

4- Valor mínimo da fatura e crédito rotativo

Sempre que optar pelo pagamento mínimo da fatura do cartão (ou outro valor abaixo do total), o cliente pode usar o crédito rotativo por 30 dias. Depois desse prazo, quita o valor acrescido de juros integralmente ou escolhe outra alternativa oferecida pela instituição financeira, como o parcelamento. As regras do DVA ajudam a validar se o valor total foi pago ou não, assim como com os cálculos do rotativo.

5- Bloqueio judicial de contas bancárias

Quando há determinação do bloqueio de bens e de movimentações financeiras pelo Bacenjud, os bancos são corresponsáveis por garantir essa execução. Mas ocorrem casos em que clientes são bloqueados indevidamente ou, ainda, em que o bloqueio determinado pela Justiça não é realizado - sem a validação necessária, as duas formas podem acarretar prejuízo financeiro e na reputação do banco.

6- Encargos, taxas, multas e mora

Por fim, é importante mencionar que o DVA ajuda a validar diversos dados relacionados às cobranças acima, respeitando as variáveis específicas de cada setor. Atualmente, conjuntos de regras específicas, criadas para as verticais de serviços financeiros, seguros, telecomunicações e varejos, contemplam regras comuns a diversos tipos de indústria também.

Estes são seis exemplos práticos, entre as mais de 60 regras já desenvolvidas e testadas pela :hiperstream, disponíveis no marketplace de regras do DVA e prontas para implementação:

À medida que a expertise da :hiperstream dentro de cada setor se expande, o pacote inicial de regras pré-definidas disponível também aumenta. Além disso, as regras podem ser adaptadas pelo próprio usuário do software usando operadores lógicos booleanos ou, em casos mais complexos, pelo nosso time. Fale com a gente para conhecer o DVA.

Conteúdos relacionados

Obrigado pelo seu pedido. Entraremos em contato brevemente!

Icon For Arrow-up