Lendo:
WhatsApp e a jornada financeira do cliente

WhatsApp e a jornada financeira do cliente

14 de Dezembro de 2020
 

O WhatsApp está instalado em 99% dos smartphones no Brasil e, claro, é um ator importante na jornada financeira do cliente. A convite da Take Blip, um time da :hiperstream dividiu nossa experiência - e a de nossos clientes - usando esse canal digital para o envio de comunicações críticas.
 

“Qual o melhor canal de comunicação com o cliente na jornada financeira? Essa resposta é simples: o canal que o cliente quer”, afirmou Eduardo Moschini, Engenheiro de Software da :hiperstream, durante nossa participação na WhatsApp Week, promovida pela Take Blip. E o canal que grande parte dos consumidores prefere é justamente o WhatsApp, que, não à toa, está instalado em 99% dos smartphones no Brasil

 

Representada por um time de três especialistas, confira como tem sido a experiência da :hiperstream, e também dos nossos clientes e de seus consumidores finais, à medida que o WhatsApp revoluciona a forma de fazer comunicação digital na jornada financeira.
 

Afinal, o que é jornada financeira do cliente?

É todo o caminho das comunicações críticas (boletos, apólices, contratos, etc.) até o cliente final, e a experiência proporcionada ao longo desse processo. Começa com o recebimento dos dados do back office e termina com o envio multicanal, pelos canais digitais ou impressos.

 

O responsável pela explicação foi Bruno Lichot, Head de Produto da :hiperstream, que abriu a conversa contando um pouco sobre nós e o jeito :hiper de apoiar a transformação digital e tornar a comunicação das empresas mais assertiva. 

 

“Somos uma plataforma de SaaS que prioriza a integração de processos, empoderando todos os departamentos e atores [envolvidos neles]”, explicou. Na prática, isso permite que áreas como Marketing e Cobranças atuem juntas, reduzindo custos e taxas de inadimplência ao mesmo tempo em que diminui o atrito na comunicação com o consumidor.

 

Para o Bruno, o WhatsApp foi um "game changer" na entrega de comunicação financeira. Por quê? Relacionamento. “Você não recebe um SMS ou um email e responde, começa a conversar com a empresa. Já vem escrito ‘no reply’. No caso do impresso, não vai escrever uma carta de volta pro seu fornecedor”.

 

“No WhatsApp, consigo dar um ‘oi’ de volta, começar a falar e receber um atendimento direto”, completou. Com esta plataforma, vemos que as possibilidades com canais digitais são enormes. 

 

A virada para o WhatsApp durante a pandemia

Já é consenso dizer que a pandemia e o distanciamento social aceleraram a transformação digital das empresas - mesmo as que não queriam ou pensavam que não podiam fazer isso. Assim, Ana Maria Garcia, nossa Product Owner, dividiu o case de como trabalhamos em tempo recorde junto a um de nossos clientes para habilitar o envio de contingência por WhatsApp.

 

Além da tecnologia, a :hiperstream também trouxe para a mesa nossa expertise ao atuar nesse projeto. Afinal, a experiência em fazer reenvio de comunicações financeiras impressas para um canal digital, a gente já tinha. Por isso, sabíamos que e-mail ou SMS não seriam a melhor opção de canal. 

 

“O usuário do impresso pode não ter e-mail, mas ele tem smartphone, tem WhatsApp”, contou Ana, explicando a escolha.

 

A :hiperstream e a Take Blip trabalham juntas nesse projeto, interagindo com o cliente de duas formas: 

Consulta Fatura 1a e 2a via

 

Assim, a :hiperstream é responsável por processar os dados e gerar o documento e a senha, para que a comunicação seja enviada pelo serviço da Take para o cliente; ou então acessar a biblioteca de comunicações e recuperar o documento gerado, no caso do usuário solicitar o envio da 2ª via ao interagir com o bot.

 

Como o comportamento do consumidor - incluindo o dos que foram “forçados” a migrar para o canal - ainda era desconhecido, Ana reforçou a importância de criar mecanismos para ajudar nisso, como acompanhamento dos reenvios, saúde do canal e os índices de opt-in e opt-out.

 

Falando em consentimento, nossa Product Owner também defende que respeitar a vontade do usuário é um dos principais fatores para uma estratégia multicanal bem-sucedida. Ela destacou a importância do opt-in para manter o número da conta saudável (“canal verde”), não usar o mesmo canal para envio de comunicações não-financeiras e de respeitar a vontade do cliente caso ele não queira mais ser contatado pela empresa.

 

Matriz de rastreabilidade e o processo de decisão

Por fim, o Eduardo Moschini, nosso engenheiro de software, aprofundou um tema que ele começou abordando aqui no blog: matriz de rastreabilidade do WhatsApp e demais canais digitais no envio de comunicações críticas. Eduardo mencionou que, no processo decisório, é importante analisar todas as informações disponíveis. E, no caso da experiência que tivemos com o envio de contingência por WhatsApp, isso signfica conhecer todos os canais e a rastreabilidade que cada um deles permite.


Matriz de Rastreabilidade de Mensagens Digitais

Assim, o WhatsApp é o canal que permite saber que a mensagem foi enviada, entregue para o provedor e para o dispositivo e se foi lida (os “tracinhos” que já conhecemos com nossa experiência como usuários da plataforma).

Outra questão que Eduardo considera importante para a tomada de decisão é o fluxo de usabilidade do PDF anexo ou acessado a partir de uma landing page, na hora de entregar a comunicação financeira.

Fluxo de Usabilidade PDF x Shortlink

 

Por fim, ao listar razões que ainda podem estar separando os usuários de realizar o download, nosso especialista destacou a necessidade de informar ao consumidor que trata-se de um canal seguro. O WhatsApp Business, por exemplo, verifica que trata-se de um canal oficial e dá mais confiança para o usuário.

 

As plataformas da :hiperstream e da Take já estão integradas. A partir da API da Take, o CCM, ferramenta de envio de mensagens digitais da :hiper, já está 100% integrada para realizar envios de comunicações financeiras pelo WhatsApp. 


Quer saber mais? Você assiste a apresentação na íntegra aqui, no canal da Take Blip no YouTube.


Outros conteúdos que podem interessar

11 de Janeiro de 2021

3 tendências da jornada financeira do cliente para 2021

Em 2020, a gente mudou o modo de trabalhar, os hábitos de consumo e sociais. No meio disso está a jornada financeira, tão importante quanto a experiência de compra na fidelização do cliente e na rentabilidade do negócio. Danilo Pecorari, CEO da :hiperstream, analisa as tendências em comunicações financeiras para 2021.
30 de novembro de 2020

Jornada financeira e rastreabilidade: a migração para o WhatsApp

A pandemia acelerou a migração de comunicações financeiras para o digital. Após colocarmos em prática, analisamos a matriz de rastreabilidade e a efetividade do WhatsApp para mensurar como se dão as interações ao longo da jornada financeira do cliente, seja como canal de relacionamento principal ou para contingência.
25 de Novembro de 2020

Transpromo: um olhar de marketing e relacionamento para comunicação financeira

As empresas aprenderam que mensagens cada vez mais direcionadas geram valor na jornada do cliente. Uma das formas de fazer isso é o Transpromo, ou transpromocional: comunicações customizadas para o cliente em documentos financeiros para impulsionar relacionamento, aumentar os níveis de fidelização e gerar mais vendas.

Obrigado pelo seu pedido. Entraremos em contato brevemente!

Icon For Arrow-up